A garota errada do vestido certo

Lábios vermelhos tocam-se e o pensamento peca
Pernas vão uma após a outra, mas é a vinda que cativa
O desejo faz uma visita e traz mais malas do que qualquer um gostaria
Olhos lentamente levantam-se e revelam uma tonalidade complexa demais para interpretar

Uma pele que arde

Um frio que queima
Um vazio que tem fome
E o sangue que corre

A garota errada usa o vestido certo
Seus ombros deslizam com suavidade, dançando com seus cabelos
Seu jeito rompe qualquer defesa, ataca pelos flancos e cerca o inimigo
Obra bruta e cruel, esculpida em oito dias e mais duzentas e vinte e sete noites

A beleza está lá e aqui, ou em um só lugar?
Aos olhos de quem vê? Ou aos olhos do que se quer enxergar?
A garota errada dança com o vestido certo
E o garoto certo dança vestido de erro.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s